Atualidades
2007  |  2008  |  2009  |  2010  |  2011  |  2012  |  2013  |  2014  |  2015  |  2016  |  2017  |  2018
Enzima sirtuína, essencial na prevenção do cancro da próstata
2014.12.19
Um estudo recente, publicado na revista The American Journal of Pathology, demonstra que a perda da enzima sirtuína (SIRT1) impulsiona o desenvolvimento do cancro da próstata precoce (neoplasia intraepitelial prostática) em modelos animais de ratos.
Descoberto novo “sensor” do frio
2014.12.12
Um estudo realizado por investigadores do Kings College London, demonstrou a existência de um novo “sensor” do frio, que desencadeia uma resposta vascular induzida pela diminuição da temperatura. Esta descoberta poderá representar um novo alvo terapêutico para o tratamento de queimaduras e hipotermia.
Doença de Parkinson e alterações na flora intestinal
2014.12.12
Um novo estudo demonstrou que, os indivíduos com doença de Parkinson apresentam uma flora intestinal diferente quando comparados com indivíduos saudáveis. Futuramente, os investigadores pretendem determinar a relação entre a alteração da flora intestinal e a doença de Parkinson.
ADN extracromossomal responsável por tumores agressivos
2014.12.5
Uma equipa de geneticistas descobriu, através da sequenciação genética de células do glioblastoma, que algumas das mutações responsáveis pela formação de células cancerígenas, ocorrem em fragmentos de ADN extracromossomal, que são responsáveis por aumentar a adaptabilidade das células cancerígenas ao meio ambiente, provocando resistência aos tratamentos.
Respondendo ao stresse com secretagonina
2014.11.28
Um estudo recente, realizado por investigadores da Universidade de Viena e do Instituto Karolinska (Estocolmo), revela a descoberta da importância de uma proteína dependente de cálcio, denominada secretagonina, na regulação do mecanismo de resposta ao stresse no organismo humano.
Descoberta a origem celular da fibrose
2014.11.21
Investigadores, da Universidade de Harvard, descobriram a origem celular da acumulação de tecidos cicatrizados, conhecida como fibrose, causada por danos em órgãos associados à diabetes, doença pulmonar, pressão arterial elevada, doença renal, entre outras.
Descoberta importância de uma molécula de sinalização celular
2014.11.21
Investigadores, da Universidade da Califórnia, descobriram que uma molécula de sinalização celular é muito importante no processo de reprogramação celular. Esta descoberta tem muitas implicações ao nível da medicina regenerativa baseada em células-tronco, tratamentos de cicatrização de feridas e pode ser um potencial tratamento para o cancro.
Descoberta estrutura de proteína importante no transporte de fosfolípidos
2014.11.14
Investigadores da Universidade de Zurique (Suíça) descreveram pela primeira vez a estrutura de uma proteína, que controla o transporte de lípidos entre as duas camadas lipídicas da membrana celular. Esta descoberta é muito importante na compreensão de processos que desencadeiam a coagulação sanguínea.
Inibição de uma proteína de fissão mitocondrial e a doença de Parkinson
2014.11.7
Um estudo recente, publicado na revista Nature Communications, revela que a inibição de uma proteína específica envolvida na fissão mitocondrial pode ser muito importante como potencial tratamento da doença de Parkinson.
Fonte de células estaminais
2014.10.31
Uma equipa de investigação, da Universidade de Michigan, identificou uma possível fonte de células estaminais, que pode ser de extrema importância para o avanço da pesquisa na área da medicina regenerativa e fertilidade.
Nova abordagem para tecidos cultivados em laboratório
2014.10.31
Um novo estudo, realizado por investigadores da Universidade da Califórnia, demonstrou uma nova forma de obter tecidos cultivadas em laboratório que poderão fornecer novos tratamentos para lesões e danos nas articulações, incluindo a cartilagem articular, tendões e ligamentos.
Função de pequenas moléculas no tratamento do cancro do pulmão
2014.10.24
Investigadores da Universidade do Texas, identificaram um grupo de pequenas moléculas que podem representar uma nova classe de fármacos anticancerígenos, um novo alvo para o tratamento do cancro do pulmão.
Descoberto mecanismo responsável pela cegueira
2014.10.17
Um novo estudo, demonstra que, uma proteína encontrada na retina desempenha um papel essencial na função e sobrevivência das células sensíveis à luz, que são necessárias para a visão. Estes resultados podem ter um impacto significativo na compreensão das doenças degenerativas da retina que causam cegueira.
Proteína responsável pela resistência das células cancerígenas
2014.10.10
Investigadores da Brigham Young University descobriram uma proteína chave que ativa a resistência das células cancerígenas à quimioterapia. A descoberta pode ser o primeiro passo para o desenvolvimento de medicamentos que tornem os tumores mais sensíveis ao tratamento.
Hormona e desenvolvimento do cancro do cólon
2014.10.10
Um novo estudo, demonstra que, as células do cólon humano podem tornar-se cancerígenas devido à diminuição da capacidade de produzir uma hormona que ajuda as células a manter o seu funcionamento normalmente.
Proteína preventiva do cancro do fígado
2014.10.3
Um novo estudo, realizado por investigadores da Universidade de Tóquio, demonstrou que AIM (Apoptosis Inhibitor of Macrophage), uma proteína que desempenha um papel preventivo na progressão da obesidade, também pode prevenir o desenvolvimento de tumores em células hepáticas. Esta descoberta pode originar o desenvolvimento de uma terapia contra o carcinoma hepatocelular (CHC).
Fármaco com dupla função no tratamento de doenças pré-leucémicas
2014.9.26
Investigadores da Universidade do Sul da Califórnia descobriram novos dados, acerca de um fármaco fundamental no tratamento de um determinado tipo de neoplasia no sangue (Síndrome Mieloplásico ou pré-leucemia).
Descoberta enzima que degrada proteína sináptica devido ao stresse crónico
2014.9.19
Um estudo recente revela a descoberta de um mecanismo sináptico que explica a relação entre o stresse crónico e a perda de competências sociais e capacidades cognitivas. Segundo este estudo, num indivíduo sujeito a stress crónico, a enzima MMP-9 degrada a molécula reguladora nectina-3 no cérebro, nomeadamente ao nível do hipocampo.
Microscopia e novos dados sobre distrofia muscular
2014.9.19
Num estudo recente sobre o papel da distrofina na distrofia muscular de Duchenne, investigadores da Universidade do Sul da Califórnia utilizaram uma nova técnica em microscopia ótica (Complementation Activated Light Microscopy – CALM), a qual permite observar moléculas em animais vivos com elevada resolução e estudar biomoléculas à escala nanométrica.
Descoberto desequilíbrio neuroquímico na esquizofrenia
2014.9.12
Investigadores da Universidade da Califórnia demonstraram, através de um estudo realizado em células estaminais pluripotentes induzidas (iPSC - induced pluripotent stem cells), que os neurónios de pacientes com esquizofrenia segregam quantidades elevadas de três neurotransmissores, amplamente implicados numa vasta gama de transtornos psiquiátricos.
Mecanismo molecular responsável pela resistência bacteriana
2014.9.5
Investigadores da Universidade de Massachusetts, descobriram, o mecanismo molecular responsável pela degradação de proteínas específicas, que influenciam o crescimento e divisão celular das bactérias, aumentando a sua virulência e a resistência aos antibióticos.
Porque é difícil pensar fora da caixa
2014.8.29
A aprendizagem é mais fácil quando são necessárias, apenas células nervosas para reorganizar os padrões existentes de atividade, do que quando as células nervosas têm de gerar novos padrões. Uma equipa de investigadores explorou, através de gravações da atividade elétrica de redes de células neuronais, a capacidade de aprender do cérebro de macacos.
Nova geração de tratamento para leucemia mielóide crónica
2014.8.22
Um grupo de investigadores da Universidade de Utah identificou e caracterizou formas mutadas do gene que codifica BCR-ABL, a enzima desregulada que origina a leucemia mielóide crónica (CML).
Alteração genética responsável pela disfunção sináptica
2014.8.18
Um novo estudo demonstrou que, a presença de uma mutação no gene DISC1 (Disrupted In Schizophrenia-1), influencia a função de outros genes responsáveis pela função das sinapses, fundamentais na transmissão de informação entre neurónios, conduzindo à disfunção sináptica observada em diversas doenças neuropsiquiátricas.
Mecanismo responsável pelas infeções por Staphylococcus aureus
2014.8.8
Investigadores da Universidade do Texas, descobriram uma enzima, que regula a produção de toxinas, que contribuem para infeções potencialmente perigosas por Staphylococcus aureus .
Resultados promissores no tratamento da artrite reumatóide
2014.8.8
Um novo estudo demonstrou a eficácia de um novo produto terapêutico, que eliminou, pela primeira vez, a artrite reumatóide em modelos animais de ratos. Os resultados são promissores, sendo o próximo passo, o estudo da eficácia do fármaco em seres humanos com a patologia.
Descoberto o mecanismo responsável pelo declínio do sistema imunitário
2014.8.1
Um novo estudo, realizado por investigadores da Universidade da Califórnia, demonstrou, o mecanismo responsável pelo declínio do sistema imunitário ao longo da vida, responsável pelo aumento de infeções e outras doenças em pessoas idosas.
Nova via metabólica relacionada com Diabetes tipo 2 e obesidade
2014.7.29
Um estudo recente revela a descoberta de uma nova via metabólica em neurónios específicos, a qual permite compreender como é regulado o peso corporal, o consumo de energia e os níveis de glicose no sangue, ao nível do sistema nervoso autónomo. Esta descoberta pode levar a novas formas de tratamento de Diabetes tipo 2 e obesidade.
Identificada proteína protetora contra o desenvolvimento da doença de Crohn
2014.7.18
Investigadores da Universidade de Delaware identificaram uma proteína de choque térmico (HSP70), cuja função é proteger e estabilizar outra proteína (NOD2) que, quando instável está envolvida na doença de Crohn. Estes resultados podem permitir o desenvolvimento de uma forma de tratamento eficaz contra esta doença inflamatória do intestino.
Desenvolvido tratamento genético para pacientes com retinose pigmentar
2014.7.11
Investigadores da Universidade da Colômbia criaram uma forma de desenvolver tratamentos genéticos personalizados em pacientes com retinose pigmentar (RP), utilizando células estaminais pluripotentes induzidas para transformar células da pele em células da retina. Esta abordagem poderá vir a ser utilizada para outras formas de RP ou mesmo noutras doenças genéticas.
Descoberta ligação entre antibióticos, biofilmes bacterianos e infeções crónicas
2014.7.11
Investigadores da Universidade do Sul da Califórnia e do Instituto de Ciência de Oak Crest descobriram a ligação entre antibióticos e a formação de biofilmes bacterianos, que originam infeções pulmonares, sinusite e otite crónicas. Os resultados deste estudo podem permitir novas abordagens a infeções crónicas do ouvido em crianças.
Descoberta molécula envolvida em doenças metabólicas
2014.7.4
Um estudo recente demonstra que, elevados níveis de uma molécula denominada Heme Oxigenase-1 (HO-1) estão relacionados com patologias metabólicas e um aumento no risco de Diabetes tipo 2, em seres humanos obesos. Este estudo demonstra também que, a inibição desta molécula melhora a saúde metabólica em modelos animais (ratos) obesos, sugerindo que os seus inibidores podem representar uma nova estratégia no tratamento de doenças metabólicas.
Descoberta defesa celular contra ligações cruzadas entre ADN e proteína
2014.7.4
Investigadores do Instituto Max Planck (Alemanha) descobriram uma protease capaz de clivar o componente proteico de ligações cruzadas entre ADN e proteína, permitindo que os organismos consigam replicar a sua informação genética, mesmo que surjam as referidas ligações cruzadas que impedem a replicação do ADN. Os resultados deste estudo têm implicações importantes na compreensão da integridade do genoma e no desenvolvimento de cancro.
Hiperatividade cerebral associada à doença de Alzheimer
2014.6.27
Um novo estudo, realizado por investigadores da Universidade de Tel Aviv, refere, o mecanismo molecular responsável pelo aumento da atividade neuronal, observada em pacientes com doença de Alzheimer, que poderá ser responsável pela diminuição da capacidade cognitiva.
Novo tratamento para o cancro do ovário
2014.6.20
Investigadores da Universidade do Arizona, desenvolveram uma nova combinação, que apresenta resultados positivos no tratamento do cancro do ovário, em pacientes que sofreram uma recaída, inibindo a progressão e desenvolvimento do tumor.
Avanços na resistência aos antibióticos
2014.6.20
Um novo estudo, identificou, o processo e a proteína responsável, pela formação da barreira defensiva que envolve as células bacterianas, resistentes aos antibióticos. A compreensão da formação desta barreira é essencial para o desenvolvimento de novos fármacos.
Deteção precoce da doença de Parkinson
2014.6.13
Investigadores da Universidade de Oxford, desenvolveram uma técnica de ressonância magnética (RM) simples e rápida, que permite realizar o diagnóstico precoce da doença de Parkinson.
Potencial tratamento para a doença celíaca
2014.6.13
Um novo estudo, demonstrou que, a administração oral da enzima ALV003, protege os pacientes com doença celíaca, da lesão da mucosa intestinal induzida pelo glúten. Este estudo é o primeiro a mencionar que uma intervenção não dietética pode ser benéfica para estes pacientes.
Resultados promissores no tratamento da doença de Parkinson
2014.6.6
Um estudo recente, realizado por investigadores de Harvard, demonstrou que, o transplante de células estaminais fetais, produtoras de dopamina, apresenta resultados promissores no tratamento da doença de Parkinson. Estes resultados podem originar novas esperanças para o tratamento da patologia.
Novo composto para o tratamento da diabetes
2014.6.6
Um grupo de investigadores descobriu, um inibidor, que bloqueia a enzima responsável pela degradação da insulina (EDI), uma proteína responsável pela suscetibilidade a diabetes. Esta descoberta pode conduzir a novas abordagens no tratamento da patologia.
Perturbações no fluxo sanguíneo podem originar aterosclerose
2014.5.30
Um estudo recente revela que, alterações no fluxo sanguíneo induzem mudanças epigenéticas duradouras, nos genes das células endoteliais e que, estas alterações podem contribuir para o desenvolvimento de aterosclerose.
Identificadas duas mutações genéticas na origem do melanoma do olho
2014.5.30
Investigadores da Universidade da Califórnia identificaram um alvo terapêutico para o tratamento da forma mais comum de cancro do olho em adultos – melanoma ocular. Além disso, este estudo, realizado com modelos animais (ratos), revela também ser possível diminuir o tumor ocular com um fármaco já existente.
Identificado gene responsável por tecido adiposo pouco saudável
2014.5.23
Investigadores do Instituto Karolinska (Suécia) identificaram pela primeira vez um gene responsável pelo desenvolvimento de tecido adiposo prejudicial em seres humanos. Os resultados deste estudo indicam que o gene pode constituir um fator de risco, promovendo o desenvolvimento de patologias como a resistência à insulina e Diabetes tipo 2.
Identificado o papel do cálcio na doença de Alzheimer de origem familiar
2014.5.16
Num estudo recente, investigadores da Universidade da Pensilvânia demonstraram que suprimir a hiperatividade dos canais de cálcio nas células nervosas ou neurónios diminui os sintomas da doença de Alzheimer de origem familiar (DAF) em modelos animais (ratos) que apresentam esta patologia.
Proteínas fluorescentes utilizadas para localizar células cancerígenas no sangue
2014.5.9
Investigadores da Universidade do Arkansas (Estados Unidos) desenvolveram um novo método que lhes permite localizar e identificar células cancerígenas em circulação na corrente sanguínea. Esta metodologia pode levar a uma melhor compreensão das metástases e impedir que se desenvolvam.
Possível alvo terapêutico no controlo dos níveis de glicose no sangue
2014.5.2
Investigadores do Instituto de Investigação Lunenfeld-Tanenbaum (Toronto) identificaram um possível alvo terapêutico para controlar os níveis de glicose no sangue, visando o tratamento da Diabetes tipo 2 e obesidade.
Combinação de fármacos no tratamento do cancro
2014.4.28
Um novo estudo, realizado na Virgínia, permitiu obter resultados promissores no tratamento do cancro do pâncreas, através da utilização combinada de fármacos, quando comparado com a eficácia do fármaco utilizado isoladamente.
Estudo promissor no tratamento da depressão
2014.4.23
Um novo estudo, realizado por investigadores dos EUA, demonstrou que o aumento do estímulo dos neurónios de dopamina aumenta a resistência natural à depressão. Os resultados foram tão surpreendentes que, a equipa de investigação acredita que o novo estudo pode conduzir ao desenvolvimento de novos alvos terapêuticos.
Evolução das plantas no controlo do crescimento embrionário
2014.4.11
O novo estudo, realizado pela Universidade de Warwick, fornece a primeira evidência de que, as plantas evoluíram na forma de controlar o crescimento e desenvolvimento do embrião, emitindo informações a partir de células vizinhas.
Nova técnica para a produção e reparação do tecido ósseo
2014.4.11
Investigadores da Universidade do Texas, desenvolveram uma nova técnica que permitiu a reparação do tecido ósseo pelas células estaminais, recorrendo a um material polimérico biodegradável e a uma proteína morfogenética do osso (BMP).
Identificadas alterações responsáveis pelo osteossarcoma
2014.4.4
Investigadores da Universidade Washington, identificaram a presença de mutações, no gene supressor tumoral TP53 em 90% dos casos de osteossarcomas, sugerindo que a alteração desempenha um papel fundamental no início do desenvolvimento deste tipo de cancro.
Nanopartículas magnéticas e autodestruição de células cancerígenas
2014.4.4
Investigadores da Universidade de Lund, na Suécia, desenvolveram nanopartículas controladas magneticamente que provocam a destruição das células tumorais. Esta investigação é de extrema importância para o desenvolvimento de metodologias para o tratamento do cancro.
Dia Nacional do doente com AVC
2014.3.31
O dia 31 de março foi estabelecido como o Dia Nacional do Doente com Acidente Vascular Cerebral, com o intuito de despertar a população em geral para a realidade do Acidente Vascular Cerebral (AVC) em Portugal e sensibilizar toda a Sociedade para as medidas que se podem e devem tomar para o evitar.
Potencial alvo no tratamento de disfunções mitocondriais
2014.3.28
Um estudo recente revela uma possível forma de tratar células que sofrem de disfunções mitocondriais, uma descoberta que pode levar a novos tratamentos para estas patologias.
Descoberta nova função para enzima do sistema imunitário
2014.3.28
Investigadores do Instituto de Investigação Clínica de Montreal descobriram uma nova função de uma enzima fundamental do sistema imunitário. Esta nova descoberta ajuda a explicar uma doença genética rara que causa o Síndrome de Hiperglobulinémia M (imunodeficiência primária).
Descoberta substância que destrói células cancerígenas
2014.3.21
Um estudo recente revela a existência de uma substância, designada Vacquinol-1, que provoca a lise de células cancerígenas de um glioblastoma, o tipo mais agressivo de cancro do cérebro. Este estudo foi publicado na revista Cell.
Doses baixas de ansiolíticos reequilibram cérebro autista
2014.3.21
Investigadores da Universidade de Washington demonstraram que doses baixas de fármacos ansiolíticos podem ajudar no tratamento do autismo. Os resultados do estudo foram publicados na revista Neuron.
Células do intestino como células produtoras de insulina
2014.3.14
Um estudo recente revela que a introdução de três proteínas que controlam a regulação do ADN no núcleo – chamados fatores de transcrição – em modelos animais (ratos) imunodeficientes torna um grupo de células específicas no intestino em células beta produtoras de insulina.
O esquecimento, um processo ativamente regulado
2014.3.14
Investigadores da Universidade de Basileia (Suiça) descobriram um mecanismo molecular que regula ativamente o processo de esquecimento de memórias pelo sistema nervoso. Os resultados foram publicados na revista Cell.
Linfócitos B podem agravar doenças autoimunes
2014.3.7
Investigadores alemães descobriram um fator agravante das doenças autoimunes. Segundo o estudo realizado, a ausência da proteína PTP1B nos linfócitos B pode tornar estas células hiperativas perante sinais estimuladores e promover uma reação autoimune.
Descoberta proteína envolvida do desenvolvimento da osteoporose
2014.3.7
Um estudo recente revelou que o metabolismo ósseo não é apenas regulado por hormonas, mas também por uma proteína intracelular denominada CNOT. Este estudo foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).
Exposição a nicotina pode ser responsável por défice de atenção
2014.2.28
De acordo com um novo estudo desenvolvido na Florida, a exposição pré-natal a nicotina pode manifestar-se como transtorno de défice de atenção e hiperatividade (TDAH) em crianças que nascem uma geração mais tarde.
Descoberto o mecanismo responsável pela síndrome do X frágil
2014.2.28
Um novo estudo, realizado por investigadores do Weill Cornell Medical College, demonstra que a síndrome do X frágil, a forma genética mais comum de défice mental, ocorre devido a um mecanismo que inativa o gene associado à doença.
Identificada proteína responsável pelo transporte hormonal nas plantas
2014.2.24
Um novo estudo, realizado por uma equipa de investigação dos EUA, identificou a proteína responsável pelo transporte de fito-hormonas (citocininas) das raízes até às folhas. Esta nova descoberta pode ser importante para o aumento de produtividade de forma sustentável, reduzindo a necessidade de fertilizantes.
Reprogramação de células da pele em células do coração
2014.2.24
Investigadores do Instituto Gladstone desenvolveram um novo método que permite, de forma eficiente, obter uma completa reprogramação de células da pele em células do músculo cardíaco. Os resultados baseados em modelos animais oferecem um novo caminho para a regeneração do músculo perdido durante um ataque cardíaco.
Descoberto o mecanismo responsável pelo desenvolvimento da osteoartrite
2014.2.14
Um estudo, revelou que, os danos nos tecidos observados na osteoartrite são provocados por uma via molecular que está envolvida na regulação e na resposta dos níveis de zinco, dentro das células da cartilagem.
Investigadores descobrem “interruptor” que influencia a diferenciação celular
2014.2.14
Investigadores do Instituto de Harvard, dedicados ao estudo de células estaminais, sugerem uma nova teoria, para a diferenciação de células estaminais em células do fígado ou células pancreáticas, durante o seu desenvolvimento.
Reprogramação de células para o tratamento da diabetes
2014.2.7
Investigadores do Instituto Gladstone, com recurso à medicina regenerativa, desenvolveram uma técnica em modelos animais com a capacidade de repor as células que são destruídas na diabetes tipo 1. Os resultados do estudo são um passo importante para a cura da doença, evitando que os doentes sejam dependentes de injeções de insulina ao longo da sua vida.
Descoberta a hormona responsável pela expressão do autismo
2014.2.7
Uma equipa de investigação demonstrou que, os níveis de cloreto presente nos neurónios, de modelos animais com autismo, são anormalmente elevados desde o nascimento. Pela primeira vez comprova-se que, a hormona oxitocina, é a responsável pela diminuição do nível de cloreto nos neurónios durante o nascimento, controlando assim a expressão da síndrome do autismo.
Fator de crescimento neuronal impede a degeneração das mitocôndrias
2014.1.31
Um estudo recente revela que fator de crescimento neuronal, proteína GDNF, e o seu receptor Ret, promovem a sobrevivência das mitocôndrias, responsáveis pelo fornecimento de energia às células nervosas. Através da ativação do receptor Ret, os investigadores conseguiram prevenir a degeneração mitocondrial causada por uma mutação genética relacionada com a doença de Parkinson. Este estudo foi feito em modelos animais (moscas) e em culturas de células humanas.
Proteína modifica níveis de tiroxina de acordo com a temperatura corporal
2014.1.31
Investigadores da Universidade de Cambridge demonstraram que a concentração no sangue de uma hormona produzida pela tiróide – tiroxina – varia devido à ação de uma proteína que modifica a sua libertação de acordo com a temperatura corporal.
Infeção por Salmonella pode atenuar a asma
2014.1.27
Investigadores alemães identificaram o mecanismo pelo qual infeções com a bactéria Salmonella podem reduzir a incidência de asma em modelos animais (ratos). Estes dados, publicados na revista Infection and Immunity, permitem abrir novos caminhos na investigação de tratamentos para a asma.
Descobertos novos benefícios de um tipo de ácidos gordos ómega-3: DHA
2014.1.27
Um estudo recente revela que os efeitos metabólicos dos ácidos gordos ómega-3, especialmente DHA (ácido docosa-hexaenóico), podem ter mais efeitos biológicos do que anteriormente divulgado e, sugere que estes compostos podem ter uma elevada importância na prevenção da doença do fígado gordo.
Células estaminais envolvidas na recuperação de células danificadas
2014.1.17
Num estudo recente foi identificada uma proteína que aumenta o transporte de mitocôndrias de células estaminais mesenquimais para células pulmonares, o que pode levar ao rejuvenescimento de células danificadas.
Leucemia: compreensão do modo de ação do tratamento
2014.1.17
Investigadores da Universidade de Paris demonstraram que os tratamentos específicos para a leucemia promielocítica aguda causam uma sequência de reações moleculares que levam à senescência celular e recuperação dos pacientes. Segundo os dados publicados na revista Nature , o mecanismo de senescência ou envelhecimento celular prematuro pode ter um efeito anti-cancro.
Novos dados sobre a resistência de bactérias aos antibióticos
2014.1.10
Investigadores do Centro de Bacteriologia Molecular e Infeção do Imperial College London fizeram importantes avanços para compreender a forma como uma subpopulação de células bacterianas conseguem resistir a diversos antibióticos. Os dados foram publicados na revista Science .
Descoberta nova via para a reparação de células nervosas
2014.1.10
Investigadores da Universidade Estadual da Pensilvânia (EUA) descobriram uma nova via para a reparação de células nervosas (neurónios). Os resultados demonstram que as dendrites das células nervosas da drosófila (mosca da fruta) têm a capacidade de se regenerar após uma lesão.
Novos estudos relacionam o papel das enzimas com algumas doenças
2014.1.3
As enzimas que regulam a biologia humana têm características que poderiam ser usadas para identificar a predisposição para doenças cardíacas, úlceras diabéticas e alguns tipos de cancro, dados divulgados recentemente na revista Biochemistry .
Sequências de ADN móveis no cérebro associadas à esquizofrenia
2014.1.3
Um estudo recente revela que existem sequências de ADN móveis – retrotransposões – que se encontram em quantidades anormalmente elevadas no cérebro de pacientes com esquizofrenia e podem ser uma das causas desta patologia.
  2018 © Centro de Ciência Júnior . Política de Privacidade powered by ponto.C | webdesign by walk